top of page
  • Redação

As vestes Litúrgicas: informações e curiosidades

Desde os primeiros tempos da humanidade existiram sacerdotes, tanto entre os judeus como entre os pagãos. Sua função principal era oferecer sacrifícios à divindade. Por isso eles se revestiam de um sentido sagrado. Com o passar dos tempos, o sacerdócio tornou-se uma consagração de vida.


A grandeza do sacerdócio atingiu o seu ponto máximo em Jesus Cristo, o Sacerdote por excelência. Os demais sacerdotes do Novo Testamento são apenas “participantes” desse único e eterno sacerdócio de Jesus. Pois foi de Cristo que receberam tal poder, através dos Apóstolos, que têm nos Bispos os seus legítimos sucessores.


O Concílio Vaticano II diz que o padre age “in persona Christi”, isto é, em lugar da pessoa de Jesus, o qual disse aos Apóstolos: “Quem vos ouve, a mim ouve, e quem vos rejeita, a mim rejeita. E quem me rejeita, rejeita o Pai que me enviou” (Lc 10,16). O padre é constituído tal por meio da imposição das mãos do Bispo sobre sua cabeça, proferindo a oração consagradora. Além de sacerdote, o padre é presbítero e profeta. Como sacerdote, administra os Sacramentos, preside o culto divino e cuida da santificação da comunidade; como profeta, anuncia o Reino de Deus e denuncia as injustiças e tudo o que é contra o Reino; como presbítero, o padre administra e governa a Igreja.


As vestes


Túnica: Para lidar com as coisas santas, o padre usa de sinais sagrados, pondo vestes que o distinguem das outras pessoas. A túnica é uma dessas vestes. É um manto geralmente branco, longo, que cobre todo o corpo. Lembra a túnica de Jesus, “sem costura de alto a baixo”, sobre a qual os soldados tiraram sorte para ver a quem caberia.


Estola: É uma faixa vertical, separada da túnica, a qual desce do pescoço do padre, com duas pontas na frente. Sua cor varia de acordo com a Liturgia do dia. Existem quatro cores na Liturgia: verde, branco, roxo e vermelho. A estola simboliza o poder sacerdotal.


Casula: Vai sobre todas as vestes. Cobre todo o corpo. A cor varia, conforme a Liturgia, como a estola. É uma veste solene, ampla, que deve ser usada nas Missas dominicais e dias festivos.

 

Sobre o livro:



Este livro vem resgatar a riqueza da Celebração Eucarística, indo à sua origem e mostrando o significado de cada parte. Quer mostrar que a Missa não é simplesmente o cumprimento de um preceito, mas o feliz encontro com Deus. Traz histórias que tornam a leitura atraente, e um questionário que ajuda a gravar o ensinamento.


80 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page