• Redação

Coluna da Débora: O virtual é real

Olá! Como é bom encontrar vocês nesse novo ano!

Gostaria de começar nossa conversa perguntando: o virtual é real? Essa pergunta não é criação minha, na verdade ela se encontra no livro “Catequese e internet: os processos catequéticos e as novas tecnologias” (já falei dele aqui).


No segundo capítulo do livro, os autores trabalham o ambiente virtual e seus desafios, os horizontes são muito amplos, nem sempre conseguimos decifrar tudo. Mas uma coisa que sempre escutei é que o virtual não é real. Pois bem, como você define o que é real ou não? Podemos dizer que o ambiente virtual não é físico, mas ele exerce influência real em nosso cotidiano. Por vezes percebemos o quão difícil se torna desligar-se das redes sociais e dos aplicativos de mensagens.


Como bem nos lembram os autores: “o que está na internet não é físico, mas traz implicações ao mundo real, físico, vivido cotidianamente. Seria ingenuidade acreditar que a internet é um espaço de fábulas e historietas que não exercem implicações no mundo real” (p.62). Essas palavras reavivam em minha memória as atividades realizadas nesse tempo de pandemia, as iniciativas que as comunidades tomaram para continuar a missão de catequizar. Podemos dizer, sem pensar duas vezes, que não foram reais? Que pelo fato de virtualizar os encontros, eles não influenciaram o cotidiano de quem acompanhou e de quem preparou?


Acredito que nesse novo ano, ao renovar nossos propósitos e objetivos, tentaremos melhor nosso modo de ser e atuar como catequista. Que refletir sobre catequese e internet nos ajude a descobrir novos jeitos de fazer catequese, a melhor utilizar o espaço digital e potencializar as oportunidades que podem nos ajudar. Porém é bom sempre lembrar: “a catequese é experiência eclesial que acontece junto da comunidade. As características da internet entram nos processos catequéticos à medida que fazem parte da vida humana” (p. 63).


Desejo a vocês um ótimo e abençoado ano catequético. Que possamos encantar e reencantar corações para encontrar a beleza de nossa fé.


Meu abraço carinhoso e até a próxima!

 

Débora Pupo é Coordenadora Regional da Dimensão Bíblico-Catequética do Regional Sul 2, da CNBB e autora da coleção "Crescer em Comunhão" e dos livros: "Catequese... Sobre o que estamos falando mesmo?" e "Celebrações no Itinerário Catequético... Sobre o que estamos falado?", todos publicados pela Editora Vozes. Bacharel em Teologia, pela Faculdade Missioneira do Paraná, a colunista também é mestre na mesma área, formada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Curitiba, tendo como título de sua dissertação: "Iniciação Cristã e Catequese com adultos: um caminho para o discipulado".



43 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo