• Redação

Coluna da Débora: Papa Francisco responde

Olá amigos(as) literários(as). Muito bom encontrá-los novamente!

Hoje quero conversar com vocês sobre um livro que eu gosto de chamar de “livro coringa”, pois ele está sempre à mão e me ajuda em muitas formações, orientações e elaboração de textos. Gostaria de lhes apresentar o livro Papa Francisco Responde: em busca de uma Igreja do amor.


Esse livro é uma coletânea de várias entrevistas concedidas pelo Papa no retorno de suas viagens quando, no avião, ele concede entrevista aos jornalistas. Essa prática de entrevistas não é novidade do pontificado de Francisco, outros Papas já cultivavam tal costume em suas viagens e o de agora dá sequência.


Eu escolhi esse livro pelo seguinte motivo: ele apresenta a opinião do Papa sobre várias questões. São respostas diretas a questões diretas que versam sobre vários assuntos. É um “livro coringa”, pois pode ser usado em diversas situações e nos ajuda a conhecer melhor o que pensa e o que sente Francisco.


Não é um documento Papal. Eu o entendo como um registro de várias orientações que me ajudam a escolher atitudes que fazem a diferença na minha vida e na vida dos que me rodeiam.


Não temos um assunto único, pois as perguntas são diversas. Mas é possível perceber a ênfase em ir ao encontro. O Papa tem se mostrado um pastor que vai ao encontro dos necessitados, que não fecha a possibilidade de diálogo, que recebe a todos e com todos quer dialogar.


Querido leitor, esse livro pode lhe ajudar com algumas respostas para perguntas difíceis dos catequizandos, das famílias e de outros catequistas. Mas, acima de tudo, esse livro vai lhe ajudar a melhor compreender o ensinamento do Papa Francisco.


Estamos em uma época em que chega até nós inúmeras informações, nem sempre verdadeiras, mas muito rápidas e, até mesmo, convincentes. Não podemos confiar em tudo que recebemos, por vezes lemos algo que se atribui ao Papa, mas não é bem aquilo que ele disse. Nesse contexto de informação sem fonte, ou com fontes duvidosas, esse livro se mostra como um auxílio seguro.


Nunca é demais saber. Melhor ainda quando podemos beber direto da fonte. Então se aproxime do Papa e escute as respostas que ele tem para tantas perguntas, ele não quer ser detentor da verdade, apenas quer promover o diálogo. Você não vai querer ficar de fora, vai?


Até a próxima!

Débora Pupo é Coordenadora Regional da Dimensão Bíblico-Catequética do Regional Sul 2, da CNBB e autora da coleção "Crescer em Comunhão" e dos livros: "Catequese... Sobre o que estamos falando mesmo?" e "Celebrações no Itinerário Catequético... Sobre o que estamos falado?", todos publicados pela Editora Vozes. Bacharel em Teologia, pela Faculdade Missioneira do Paraná, a colunista também é mestre na mesma área, formada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Curitiba, tendo como título de sua dissertação: "Iniciação Cristã e Catequese com adultos: um caminho para o discipulado".


45 visualizações

Contato

Loja Virtual

Site Institucional

Desenvolvido por - Editora Vozes