top of page
  • Redação

Obras de misericórdia espiritual, você sabe o que são?



As obras de misericórdia espiritual dizem respeito às necessidades relacionadas às motivações, sentimentos e pensamentos do ser humano em relação a si mesmo, ao próximo e a Deus. Assim como as obras de misericórdia corporal são direcionadas para aliviar o sofrimento e atender às necessidades do corpo, as obras de misericórdia espiritual devem aliviar o sofrimento que envolve a ausência e fragilidade acerca do conhecimento de si mesmo, de seus desejos e interesses próprios. O Catecismo da Igreja Católica n. 2447, assim enumera as obras de misericórdia espiritual: 


  • Instruir; 

  • Aconselhar; 

  • Consolar; 

  • Confortar; 

  • Perdoar;

  • Suportar com paciência.

Ao realizar a missão de catequista é importante refletir sobre as obras de misericórdia espiritual observando atentamente para que em sua vida e ação catequética esteja presente a compreensão de que: instruir seja mais do que transmitir conhecimentos, mas seja ensinar e despertar à vivência dos valores do Evangelho e haja uma postura ética e moral; aconselhar seja uma de suas habilidades, de orientar na compreensão e discernimento acerca dos acontecimentos e fatos da vida, à luz dos ensinamentos do Mestre Jesus; consolar seja uma atitude de cuidar do próximo, dos seus catequizandos e familiares com palavras afetivas, gestos de atenção, escuta cuidadosa para ajudá-los a aliviar ou diminuir a dor e sofrimento diante de uma perda, uma ausência, falta de compreensão, de um sentimento mal vivido... Tendo nesses e em outros momentos um agir solidário ao sentimento e situação do outro; confortar implica ser apoio nos momentos de angústia, tristeza, procurando incentivar e motivar a renovar as esperanças, ser presença; perdoar requer a capacidadede de esquecer o que nos fere, as injustiças vividas, abrir-se para reconhecer que somos frágeis e precisamos dar oportunidades para nós e aos outros para construir novo jeito de ser e agir, à luz do Espírito Santo, propiciando uma convivência fraterna; suportar com paciência requer saber administrar com fraternal compreensão as fragilidades das pessoas que estão próximas de nós, sem no entanto deixar de orientá-las para que possam mudar, ajudando-as a superar as suas limitações.


As obras da misericórdia são sustento para nossa fé. Sem elas o testemunho de ser catequista se torna vazio. As obras de misericórdia aperfeiçoam a convivência humana, dando vida à nossa fé, exercitá-las capacita o catequista para santificar a vida ao dedicar-se às pessoas como irmãs em Cristo.


Fazer a experiência de praticar as obras da misericórdia é agir como instrumento da presença do sagrado deixando que o Senhor direcione a nossa vida para criar com Ele encontros de transformação que renova e purifica o existir.


 

Sobre o livro:


Este livro é um convite para refletir sobre a identidade, vocação e missão de ser catequista. Apresenta no decorrer de suas páginas o conteúdo de modo interativo, convidando o leitor para ler, refletir, rezar, avaliar sua caminhada, registrar seus anseios, sonhos e planos de ação. É um pequeno itinerário que ajuda a assumir a missão profética da Igreja como educador da fé, despertando a importância de uma formação que integra a dimensão doutrinal e experiencial capaz de colocar em prática os ensinamentos de Jesus.

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page