• Redação

Quando eu rezo: Agradecer sempre

Como é bom agradecermos ao Senhor e cantar

salmos de louvor ao Deus altíssimo! (Sl 92(91),2).

Reflexão: Bendizer a Deus por suas obras e pela vida que Ele nos oferece é fonte inesgotável de alegria e de felicidade. Permitir-se um tempo para contemplar o pôr do sol ou sentir o perfume de uma flor – estas pequenas alegrias, que revelam a bondade de Deus – tornam nossa alma agradecida. Entretanto, é preciso cuidar para que uma visão negativa ou superficial da realidade não nos impeça de contemplar a beleza da criação e de agradecer a ação generosa de Deus em nossa história. Ter a sensibilidade de perceber a presença de Deus em nosso cotidiano nos faz ter um coração agradecido. Mesmo nos momentos mais difíceis, os sentimentos de gratidão nos ajudam a vencer as tribulações e provações. Quando direcionamos o olhar para o que é realmente importante e para as manifestações das delicadezas de Deus, nossos corações se tornam agradecidos.


Oração: Senhor Deus, nosso Pai bondoso, faz com que nossos olhos se abram à tua luz, para que vejamos as maravilhas da tua criação. Que nossos corações sintam tua presença, e que possamos bendizer-te pela beleza das tuas obras e pela profundidade dos teus pensamentos. Agradecemos pelas nossas famílias, pelas pessoas de quem cuidamos e por aquelas que colocaste em nossas vidas e nos ensinaram a cultivar sentimentos de gratidão. Que nossa existência seja um ato de louvor à tua glória e que possamos alegrar-nos por todas as flores e frutos que semeaste em nossos caminhos. Agradecemos pelos desafios e por nos teres ajudado a superá-los. Ensina-nos a nos alegrarmos com as alegrias de Cristo.


Ir. Roberta Peluso, OSB

Trecho do livro Quando eu rezo.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo