• Redação

Reflexão do Evangelho: Quarto domingo do Tempo Comum | Mc 1,21-28

Por Pe. Almerindo da Silveira Barbosa

Continuamos meditando o início do Evangelho de São Marcos. Estamos, ainda, no primeiro capítulo. Hoje nos encontramos com Jesus em Cafarnaum, em pleno dia de sábado.


Jesus ensina com autoridade e, enquanto prega a Palavra, eis que acontece algo inusitado. Um homem possuído por um espirito imundo começa a gritar, contra Jesus, querendo saber quem Ele é.


Sabemos que no tempo de Jesus não existia os conhecimentos científicos que temos hoje. As pessoas entendiam por espirito mau aquelas pessoas que eram acometidas por alguma doença. A luta de Jesus é contra uma dessas enfermidades, que tomou conta da vida de pessoa que estava na Sinagoga.


Diante do ensinamento com autoridade de Jesus o espírito lhe obedece e, claro, todos que estavam ouvindo ficam espantados e admirados, porque o que eles estão ouvindo não é mais a doutrina pregada pelos rabinos, mas de alguém que fala diferente e não fica repetindo o que os outros pregavam até então.


No texto do Evangelho deste domingo, São Marcos quer nos ensinar que, assim como o homem possuído pelo demônio, muitos não experimentaram o encontro com Jesus. São aquelas pessoas que vivem à mercê da existência e as forças contrárias acabam destruindo suas vidas.


Nos ensina, ainda, que muitos de nós já ouvimos a Palavra de Deus, mas não conseguiu tocar nosso coração, porque não nos abrimos a ela e também, os que pregam podem não ser fiéis ao que a Palavra pede, enfraquecendo-a.


Por fim, nos ensina que, quando não estamos dispostos a ouvir a Palavra de Deus, quando é pregada, chega aos nossos ouvidos com certa repugnância e, às vezes, até condenamos os que estão pregando, dizendo que não tem autoridade, ou estão entrando em assuntos que não lhes dizem respeito. Sinal de que a Palavra chega somente aos ouvidos, mas não germina no coração humano.


Que as palavras de Jesus nos impulsionem, para que não desanimemos diante das forças opressoras que vem ao nosso encontro e que saibamos confiar na força e no poder de sua Palavra. Ele fala com autoridade, porque traz um ensinamento novo.

Pe. Almerindo da Silveira Barbosa, formado em Filosofia e Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, o colunista também possui especialização em Ensino Religioso, pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM), e em Teologia Pastoral, realizada na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte. Pe. Almerindo é coautor da coleção “Deus Conosco” e do livro Quem é esse Jesus e autor da obra A missa – Conhecer para viver, também publicado pela Editora Vozes.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo