• Redação

Reflexão do Evangelho: Tu és Pedro e sobre você construirei a minha Igreja! | Mt 16,13-19

Por Pe. Almerindo da Silveira Barbosa

Solenidade de Pedro e Paulo | Mt 16,13-19


A Solenidade deste domingo é de São Pedro e São Paulo. Gostaria, porém, de refletir sobre a figura de Pedro, porque o Evangelho nos coloca sobre o fundamento da Igreja. São Cipriano diz que Pedro recebeu, por antecipação, a missão de edificar a Igreja e que, mais tarde, seria também entregue aos outros.


A Pergunta de Jesus aos apóstolos é provocativa: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” Todas as respostas estão no nível dos profetas de grande dignidade: João Batista, Elias, Jeremias, ou outros profetas. Jesus os provoca. Eles que caminharam com o mestre, que ouviram suas palavras, viram suas obras, agora chegou um momento importante: “e para vocês, quem eu sou?”.


Pedro adiantando-se aos outros, isto é, o primeiro dentre os discípulos responde: “Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo”. Esta profissão de fé coloca Jesus na descendência de Davi, o Messias e, na dimensão divina, o Filho de Deus vivo. Homem gerado em carne e sangue, numa humanidade completa em Maria e Deus gerado desde toda eternidade pelo Pai. Um único e Mesmo Deus e Homem, Jesus Cristo.


Depois da profissão de fé, segue a promessa de Jesus a Pedro, tendo em vista o que ele professou, que foi revelado por Deus e não pelo ser humano. “você é Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja”. É na fé de Pedro que Jesus erguerá a sua Igreja e as forças malignas não terão vez.


A missão de Pedro é de ligar e desligar. Ele é o responsável pelas chaves. É aqui que os outros, junto com Pedro, participarão. Todos os outros Apóstolos receberão, também, a missão de ligar e desligar. Por isso ouvimos em Mateus, 18,18 Jesus dizer: “Eu lhes garanto: tudo o que vocês ligarem na terra, será ligado no céu, e tudo o que vocês desligarem na terra, será desligado no céu”. Todos os apóstolos são iguais, mas a fé é única e é sobre a fé de Pedro e em Pedro que a Igreja é edificada.


Sejamos fiéis a Pedro, que hoje fala a nós através do Papa Francisco. Sua vida e seu ministério expressam a fé da Igreja, herança que recebemos dos Apóstolos. É ele que tem o primado da fé e o primado do amor. É ele que continua o ministério Petrino. É ele que continua nos confirmando na fé em Jesus Cristo, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado não criado, consubstancial ao Pai, que da sua realidade divina, veio ao mundo, encarnando-se, no ventre de Maria santíssima.

 

Pe. Almerindo da Silveira Barbosa, formado em Filosofia e Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, o colunista também possui especialização em Ensino Religioso, pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM), e em Teologia Pastoral, realizada na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte. Pe. Almerindo é coautor da coleção “Deus Conosco” e do livro Quem é esse Jesus e autor da obra A missa – Conhecer para viver, também publicado pela Editora Vozes.

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo