• Redação

Se alguém quer me seguir renuncie a si mesmo e tome sua cruz | Mt 16,21-27

Por Pe. Almerindo da Silveira Barbosa

A missão de Jesus, o enviado do Pai, é anunciar o Reino. E como bom mestre ele diz que quem quiser ganhar a sua vida tem que perdê-la, renunciando a si mesmo, assumindo sua cruz de cada dia.


Foi assim que Ele fez. Escolheu o caminho da cruz como dom de si mesmo para a felicidade da humanidade. E diz que quem quiser ser seu seguidor não poderá esperar caminho diferente.


Jesus não obriga ninguém a segui-lo, porém exige de quem, livremente, escolhe esse caminho, que observe duas condições, que não são fáceis, mas necessárias para o seguimento: renunciar a si mesmo e tomar a cruz. “Se alguém quiser me seguir” é o desafio colocado por Jesus. É uma condicional. Ele não impõe condição a ninguém para o seguimento. Apenas deixa a possibilidade de escolha, pois o seguimento implica exigências e a pessoa precisa ter consciência da responsabilidade que assumirá.


Para seguir a Jesus Cristo é preciso deixar de pensar em si mesmo. É preciso renunciar as ambições e egoísmos, voltando-se para o outro, os ajudando em suas necessidades. Tomar a cruz não é sofrer com paciência as dificuldades (doenças, desgraças, etc.) da vida, mas percorrer o mesmo caminho que Jesus percorreu, com coragem e fidelidade, enfrentando as intempéries, sem desanimar.


Assim, para ser seguidor autêntico do mestre é preciso sair de si mesmo, de tudo que faz voltar só pra si, sem perceber o outro como seu semelhante. É assumir a vida como dom de Deus na alegria. Jesus não engana. Ele é claro e direto “se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me”.


Renunciar a si mesmo e assumir o seguimento é ter consciência de que somos pedras extraídas da Rocha firme que é Jesus. Para vivê-lo e levá-lo às outras pessoas, essa pedra que somos deve ser de edificação e não de tropeço.

Que possamos, na liberdade, fazer a escolha do seguimento, assumindo suas exigências e fazendo de nossa vida uma constância da vida de Jesus. Ele é nosso mestre e Senhor. Ele nos conduz por caminhos seguros. Ele é o único que nos faz chegar ao Pai, no Reino definitivo, a glória eterna.


Que o Senhor Jesus nos ajude a sermos pedras firmes que, extraídas de Si, consigamos edificar o fortalecer o Reino de Deus no mundo.

Pe. Almerindo da Silveira Barbosa, formado em Filosofia e Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, o colunista também possui especialização em Ensino Religioso, pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM), e em Teologia Pastoral, realizada na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte. Pe. Almerindo é coautor da coleção “Deus Conosco” e do livro Quem é esse Jesus e autor da obra A missa – Conhecer para viver, também publicado pela Editora Vozes.

46 visualizações

Contato

Loja Virtual

Site Institucional

Desenvolvido por - Editora Vozes