• Redação

Três canais para manter a comunicação com os catequizandos durante o isolamento

Assim como diversos âmbitos de nossas vidas, a catequese também precisou se adaptar ao isolamento social e suas normas. Se os encontros na sua paróquia estão suspensos, é importante manter o contato com os catequizandos, mesmo que virtualmente.

Caso o seu catequizando seja muito novo ou não possa acessar as redes, é hora de incluir a família no processo. Converse com os pais ou responsáveis e organize um horário para os encontros e troca de mensagens.


Abaixo, listamos três canais que podem ajudar nesse processo:


1) Whatsapp


Um dos aplicativos mais conhecidos e usados hoje, o Whatsapp é uma ferramenta poderosa para a comunicação rápida e efetiva. Nele, além das mensagens privadas, é possível criar um grupo com todos os catequizandos, listas de transmissão para envio de mensagens e lembretes e utilizar o status para compartilhar informações.


Na prática:


Crie um grupo com toda sua turma de catequizandos e, em um primeiro momento, permita que apenas o administrador envie mensagens. Assim, você estipula as regras de uso e horários permitidos para interação.


Use o status para compartilhar conteúdos interessantes e textos que provoquem a reflexão dos catequizandos e familiares.


2) Instagram


Uma das redes sociais que mais cresce no Brasil e no mundo, o Instagram é um dos maiores aliados para uma comunicação de sucesso. No seu perfil, é possível publicar fotos e vídeos com conteúdos e até fotos dos encontros, quando tudo voltar ao normal. Através de um aplicativo de Repost você pode compartilhar os posts de outros perfis, que combinem com o seu perfil. O story é outro recurso interessante. Publique ali as informações mais curtinhas e rápidas: horários, lembretes e convites.


Na prática:


Criar um perfil aberto permite que um número maior de catequistas e catequizandos acessem seu conteúdo. Porém, eles podem ter uma realidade diferente de sua turma ou pároquia/diocese. Por isso, uma conta pública é mais interessante quando tem o conteúdo de evangelização. Algumas ideias para publicações são o Evangelho diário, o Santo do dia e dicas de dinâmicas e materiais para a catequese, além de conteúdos de formação.


Em um perfil privado você pode compartilhar conteúdos específicos da sua paróquia e da turma de catequese, além de poder agendar uma live para substituir, ainda que minimamente, o encontro presencial.


3) Grupo no Facebook


Um grupo fechado nesta rede social vai proporcionar a liberdade para as (os) catequistas e membros da comunidade compartilharem e trocarem ideias dos conteúdos dos encontros da paróquia e diocese.


Na prática:


Crie no grupo enquetes, posts de bate-papo e compartilhe conteúdos de formação para os catequizandos e familiares. Assim, é possível fazer uma troca saudável e promover a evangelização.


Os três canais também podem ser utilizados para compartilhar lembretes da paróquia, como transmissões ao vivo das missas e orações. É hora de usar o ambiente virtual para continuar a missão!


E aí? Curtiu as dicas?

116 visualizações

Contato

Loja Virtual

Site Institucional

Desenvolvido por - Editora Vozes