• Redação

Batizados: Eleitos, chamados, renascidos

Você sabe para o que serve o batizado?

Hoje, em nosso Blog, iremos aprender um pouco mais sobre

este rito de passagem da nossa Igreja.

O sentido do Batismo


O Batismo nos faz criaturas novas


No Sacramento do Batismo celebramos a ação salvadora de Deus que nos dá uma vida nova. Como criaturas novas, somos filhos de Deus:

  • „ Identificados com Cristo.

  • „ Animados pelo Espírito Santo.

  • „ Incorporados à Igreja.

  • „ Libertados das raízes do mal e do pecado.

  • „ Comprometidos na construção de um mundo novo.

O Batismo não somente purifica de todos os pecados, mas também faz do neófito “uma criatura nova” (2Cor5,17), um filho adotivo de Deus (cf. Gl 4,5-7) que se tornou “participante da natureza divina” (2Pd 1,4), membro de Cristo (cf. 1Cor 6,15; 12,27), coerdeiro com ele (Rm 8,17), templo do Espírito Santo (cf. 1Cor 6,19). (CIgC n. 1265).


Esperamos que essa vida nova chegue a ser vida plena e eterna. Como nós não podemos alcançar isso por nós mesmos, pedimo-lo a Deus.


O Batismo nos incorpora à Igreja


Por meio do Batismo, a criança começa a fazer parte de um grupo de irmãos que jamais a abandonará, nem na vida nem na morte, porque esta comunidade de irmãos é a família de Deus, sinal e instrumento de salvação.


Esta família de Deus o acompanhará sempre, inclusive nos dias de sofrimento, nas noites escuras da vida e no umbral da morte; neles lhe dará consolo, fortaleza e luz. Oferecer-lhe-á palavras de vida eterna, que dão resposta aos grandes desafios da vida e orientam sobre o caminho que convém seguir. Esta família de Deus é a Igreja, uma família de famílias, comunidade de Batizados.


Nós que cremos em Jesus e o seguimos, vivemos empenhados em seu próprio projeto de vida: reconhecer-se e viver como filhos de Deus Pai e, portanto, como irmãos de todos os homens. Somos neste mundo, como Igreja, o embrião e sinal desse Reino inaugurado por Cristo Jesus.


Estar incorporados à Igreja implica estar unidos a Cristo, como um “corpo” está unido

à sua “cabeça”. Por isso nunca estamos sozinhos, sempre teremos a amizade segura

daquele que é a vida.

Trecho do livro: Batizados - Eleitos, chamados, renascidos

Para conhecer a obra clique aqui.

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo