• Redação

Coluna da Débora: Coordenação na Catequese

Olá, amigos e amigas!

Hoje quero conversar com você sobre uma importante dimensão da ação catequética: o serviço da Coordenação.

Diz o Diretório para a Catequese, número 417: “a catequese é uma atividade tão fundamental para a vida de uma Igreja que [...] se pede uma equipe de coordenação para a catequese. Será guiada por um responsável [...], sustentado por pessoas competentes, de modo que as diversas questões sejam tratadas com a devida responsabilidade”. As palavras do Diretório nos ajudam a compreender a importância, bem como a necessidade, de uma equipe de coordenação.


Sabemos que o serviço da catequese é exigente, o quanto necessitamos de formação, também as equipes de coordenação devem ser formadas e formar-se com afinco, para desenvolverem sua missão. Não se trata, apenas de receber informações sobre o andamento da catequese, antes é preciso se debruçar sobre as dimensões do ser, do saber e do saber fazer, indicadas na formação dos catequistas e que se adaptam para a formação das equipes de coordenação.


Pensando em contribuir com a dimensão formativas das equipes foi que escrevi o livro “Coordenação na catequese...sobre o que estamos falando?” Que busca ajudar coordenações e equipes a refletir sobre a importância de seus serviço, bem como o fundamento da sua missão. Por meio de um diálogo com seis personagens do livro “O Pequeno Príncipe”, vamos conhecendo algumas tentações que dificultam o coordenar e traçamos um perfil que é o perfil do catequista apresentado pelo Diretório Nacional de Catequese (DNC, nn. 261-268). Ao pensar a coordenação é preciso ter presente que “a organização da catequese necessita ser mais evangelizadora e pastoral do que institucional” (DNC, n.320).


Ainda que o título do livro chame atenção para a coordenação, o livro ajuda também aos catequistas, pois reflete sobre dificuldades próprias da catequese e ajuda a resgatar a dimensão teológica de nossa vocação: somos batizados e enviados para tornar o Reino presente no mundo. O capítulo com os roteiros de estudo podem lhe ajudar a formar tanto equipes de coordenação, como catequistas, no ensejo de que sejamos, cada vez mais, discípulos missionários de Jesus Cristo, também na catequese.


Não deixe de conhecer “Coordenação na catequese... Sobre o que estamos falando?” Tenho certeza de que você vai encontrar um subsídio de apoio para sua missão e formação.


Até a próxima!

Débora Pupo é Coordenadora Regional da Dimensão Bíblico-Catequética do Regional Sul 2, da CNBB e autora da coleção "Crescer em Comunhão" e dos livros: "Catequese... Sobre o que estamos falando mesmo?" e "Celebrações no Itinerário Catequético... Sobre o que estamos falado?", todos publicados pela Editora Vozes. Bacharel em Teologia, pela Faculdade Missioneira do Paraná, a colunista também é mestre na mesma área, formada pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Curitiba, tendo como título de sua dissertação: "Iniciação Cristã e Catequese com adultos: um caminho para o discipulado".

92 visualizações

Contato

Loja Virtual

Site Institucional

Desenvolvido por - Editora Vozes