• Redação

Crisma, o sacramento da decisão

A Crisma é o sacramento que:


– Confirma o nosso batismo;

– Faz-nos profetas da nova aliança;

– Faz-nos reassumir de maneira adulta e consciente o batismo;

– Quer ser uma força na nossa luta contra o mal, o pecado e a injustiça;

– Faz-nos livres e alegres como cristãos;

– Compromete-nos com Jesus Cristo, com a Igreja, com a comunidade e com os homens, especialmente os mais pobres, oprimidos e injustiçados.

Vejamos os principais gestos e seus significados para entendermos melhor este sacramento:


1. Imposição das mãos


Significa a transmissão do Espírito Santo. O bispo impõe as mãos sobre cada crismando ou sobre os crismandos para transmitir-lhes o Espírito do Senhor.


2. Sinal da Cruz


É o sinal visível do cristão.


Cristo morreu na cruz para nos libertar. A cruz torna-se para o cristão símbolo de luta e vitória. Pela cruz tomamos consciência da realidade da morte e ressurreição de Jesus. Na cerimônia da Crisma, o bispo faz o sinal da cruz na testa do crismando, para simbolizar toda esta realidade.


3. A unção com o crisma (= óleo)


O bispo faz o sinal da cruz na fronte do crismando com óleo (= o crisma). É o ato mais importante de toda a cerimônia. É o sinal que significa a transmissão do Espírito Santo. O crisma é consagrado na Quinta-feira Santa, simboliza que somos ungidos do Senhor e comprometidos com Jesus Cristo, com a Igreja e com a transformação da realidade.


Somos batizados, fomos inseridos na Igreja, começamos a pertencer à comunidade cristã. Foi a fé de nossos pais que nos levou ao Batismo.


Mais tarde fizemos a primeira Eucaristia. Houve mais compreensão.


Mas hoje, pelo Sacramento da Crisma – Confirmação – precisamos nos sentir livres, conscientes para confirmar o Batismo que recebemos e assumirmos o compromisso de:


1. Servir à comunidade


2. Engajar-nos na liturgia, catequese, grupo de jovens, grupo de reflexão


3. Participar do bem-estar da comunidade, promovendo saúde, trabalho, lazer, ajuda aos necessitados, doentes, oprimidos, opressores


4. Desenvolver os dons que recebemos


5. Denunciar injustiças, falsidades e opressões


O Sacramento da Crisma nos oferece sete dons:


1. INTELIGÊNCIA: Capacidade que nos permite descobrir o real valor de tudo


2. CONSELHO: Capacidade de trilharmos um caminho que nos construa, nos edifique, segundo os frutos do Espírito Santo: caridade, alegria, paz, paciência, justiça, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, temperança (Gl 5,16-26)


3. FORTALEZA: Nas situações difíceis da vida, o cristão não deve desanimar, mas enfrentar, para que haja um progredir sempre maior


4. CIÊNCIA: O mundo está em nossas mãos. Precisamos saber como transformá-lo. “Tudo é vosso, vós sois de Cristo e Cristo é de Deus”


5. SABEDORIA: O saber sempre mais viver a verdade. É o saber viver no caminho certo. “Santifico-me por eles para que também eles sejam santificados pela verdade” (Jo 17,19)


6. PIEDADE: Viver como cristão a cada instante. Espírito de reflexão e oração


7. TEMOR DE DEUS: Descobrir sempre mais a grandeza de um Deus que está conosco, que é Pai, que é bondade, que caminha conosco, que se compromete conosco. “Eis que eu estou convosco todos os dias até o fim dos tempos”


O importante não é quantos dons recebemos, mas o esforço com que os desenvolvemos e os colocamos a serviço

Trecho do livro: "Crisma, o sacramento da decisão:

roteiro catequético para a crisma", publicado pela Editora Vozes.


Sobre a obra:


Não existe nenhum manual catequético que não tenha a necessidade de adaptar-se a novos tempos e a novas prioridades. Não fugindo dessa necessidade, o presente manual para o crismando procura enfatizar duas verdades essenciais: assumir conscientemente o batismo e fazer-se membro participante da comunidade.


Compre no site: www.livrariavozes.com.br

50 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo