• Redação

Muito se perdoa a quem muito ama

Frei Almir Ribeiro Guimarães, OFM

Simão, o fariseu, estranhara que Jesus desse atenção a uma mulher de má vida que lhe lavava os pés. Jesus, compreendendo sua perplexidade, diz que esta mulher tinha tido gestos inauditos para com ele.


Havia regado seus pés com suas lágrimas, beijando-os carinhosamente e ungindo-os com perfume. Realmente tratava-se de uma pecadora. O que, no entanto, se passava em seu interior? Ela se tinha deixado fascinar pelo Mestre Jesus e não o largava, exprimindo seu amor e arrependimento.


Diante de tais demonstrações Jesus compreendera que ela precisava de seu perdão e de seu amor. E, sem hesitar, diz à mulher: “Os pecados te são perdoados” (Lc 7,48). Sabemos que o Senhor nos perdoa se encontrar dentro de nós um grande amor, um desejo de sairmos de nós mesmos e sermos para Deus e para os outros.


Trecho da obra: "Encontro Diário com Deus"

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo