top of page
  • Redação

Viver o amor



Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros (Jo 13,34-35).


Como Jesus nos ensinou, é vivendo de amor que seremos reconhecidos como seus discípulos. Aliás, o amor é a síntese do seu Evangelho, pois apresenta o Salvador sempre em uma atitude altruísta na busca do outro. Ele inclui as crianças, as viúvas, os cobradores de impostos, as prostitutas, os leprosos, e o faz porque se compadece. Também se preocupa em alimentar o seu povo faminto de alimento material e espiritual. Como dizia Saint Exupéry: “O amor é a única coisa que cresce à medida que se reparte”.


Vivemos inseridos numa sociedade competitiva e excludente, em que impera o egoísmo, sobretudo entre aqueles que ainda não se deixaram seduzir pelo Cristo, pois, mesmo conhecendo seus ensinamentos, não vivem na prática os preceitos ensinados por Ele. O que fazer para viver o amor? Cremos que, em primeiro lugar, deverá acontecer uma mudança radical em direção ao Senhor, ou seja, um desejo de amá-lo tão intensamente a ponto de querer agradá-lo em tudo e, como vimos na citação bíblica acima, só seremos reconhecidos como seus discípulos se nos amarmos mutuamente.


Uma maneira concreta de pôr esse seu mandamento em prática é vivenciar o perdão, que é muito difícil aos olhos do mundo. Perdoar a quem nos ofendeu e rezar pelos que se dizem inimigos é uma grande prova de amor – como fez nosso Senhor Jesus Cristo: dar a vida por amor.

 

Sobre o livro:



Bendizer a Deus por suas obras e pela vida que Ele nos oferece é fonte inesgotável de alegria e de felicidade. Permitir-se um tempo para contemplar o pôr do sol ou sentir o perfume de uma flor – estas pequenas alegrias, que revelam a bondade de Deus – tornam nossa alma agradecida. Ter a sensibilidade de perceber a presença de Deus em nosso cotidiano faz-nos ter um coração agradecido. Mesmo nos momentos mais difíceis, os sentimentos de gratidão nos ajudam a vencer as tribulações e provações. Quando direcionamos o olhar para o que é realmente importante e para as manifestações das delicadezas de Deus, nossos corações se tornam agradecidos. (Trecho da obra)

33 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page