• Redação

Reflexão do Evangelho: Jesus se compadece da miséria humana! | Mc 1,29-39

Por Pe. Almerindo da Silveira Barbosa

Continuamos meditando o início do Evangelho de São Marcos. Estamos, ainda, no primeiro capítulo. Hoje vimos Jesus que sai da Sinagoga e se dirige, com seus discípulos, à casa de Simão Pedro, que ao saber da enfermidade de sua sogra, imediatamente, se dirige para lá. É Jesus que se encontra e se compadece com a miséria humana.


A mensagem do Evangelho desse quinto domingo do tempo comum é muito atual. Ela nos oferece um caminho para conduzir nossa vida no seguimento a Jesus Cristo e aos valores do Reino de Deus.


Ao saber da enfermidade da sogra de Pedro, Jesus não afasta, não foge, pelo contrário, se aproxima, toma-a pela mão e auxilia, para que ela possa se reerguer e continuar sua vida. Eis aqui o primeiro ensinamento de Jesus. Ele não afasta. Se aproxima e ajuda a pessoa a se reerguer.


O cristão é assim. É alguém que se deixa guiar por Jesus. Tocado por Ele sabe que sua missão, também, é auxiliar as pessoas a se levantarem, a saírem de suas enfermidades, para continuar servindo a Jesus e aos irmãos, com alegria, assim como fez a sogra de Pedro.


O Papa Francisco nos convoca a ser a Igreja em saída, que vai ao encontro das pessoas, em suas periferias humanas e existenciais. É preciso sair da religião da sacristia, indo ao encontro das pessoas, entrando em suas casas, participando de suas vidas, de suas dores e de suas enfermidades.


O segundo ensinamento do Evangelho é a gratidão. Ela é a virtude dos que sabem que é “dando que se recebe”. A sogra de Simão, uma vez recuperada, imediatamente, começa a servir, não somente a Jesus, mas a todos os irmãos.


Quem vivenciou a experiência do encontro do Jesus sabe que não pode ficar parado, tem que ir ao encontro do outro, oferecendo sua ajuda, reconhecendo, nos gestos concretos de solidariedade, de bondade a misericórdia de Deus em sua vida. Eis a missão do cristão.


Por fim, o Evangelho nos traz o outro ensinamento. No trabalho evangelizador, precisamos nos revigorar em Deus, buscando Nele as forças necessárias para continuarmos nossa missão e não deixarmos a tentação do poder tomar contar de nós. Jesus sabe que Ele é instrumento da vontade do Pai. Ao curar a sogra de Pedro e os demais enfermos, se retira, para rezar no silêncio, na intimidade com o Pai. Assim devemos fazer, para continuar nossa missão na evangelização.


Que a mensagem do Evangelho desse domingo nos inspire e nos instrua, para sermos evangelizadores, seguindo o desejo da Igreja para os tempos atuais, uma Igreja missionária e em saída, que vai ao encontro das pessoas onde elas estão.

Pe. Almerindo da Silveira Barbosa, formado em Filosofia e Teologia, pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, o colunista também possui especialização em Ensino Religioso, pela Faculdade do Noroeste de Minas (FINOM), e em Teologia Pastoral, realizada na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia, em Belo Horizonte. Pe. Almerindo é coautor da coleção “Deus Conosco” e do livro Quem é esse Jesus e autor da obra A missa – Conhecer para viver, também publicado pela Editora Vozes.

12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Contato

Loja Virtual

Site Institucional

Desenvolvido por - Editora Vozes